Ligue-nos gratuitamente

A logística na indústria da moda

Logística en el sector de la moda

O mundo da moda é um universo em constante mutação, com tendências que chegam e desaparecem num abrir e fechar de olhos. Neste contexto, por detrás da passarela e das montras, existe uma componente fundamental que permite o bom funcionamento da indústria: a logística. Este elemento invisível, mas essencial, é o fio condutor que assegura que cada peça de roupa chega às mãos do seu consumidor de forma eficiente e pontual, garantindo a sua qualidade e a satisfação do cliente. Continue a ler para saber mais sobre a logística na indústria da moda! 

A rota de cada peça de roupa até ao cliente final

Qual é o início do ciclo de vida de uma peça de roupa? A resposta está no processo criativo dos designers e das casas de moda, onde as coleções são concebidas. Mas o seu percurso, logicamente, não para no ateliê de design: chega o momento de decidir que peças de roupa produzir. Assim começa uma viagem logística que passará por todas estas estações. Acompanhe-nos!

Logística en el sector de la moda

  • Abastecimento de matérias-primas: para fabricar roupa, é necessário adquirir tecidos, botões, linhas e outros materiais ou acessórios. A logística desempenha aqui um papel crucial na gestão de fornecedores, na negociação de contratos e na importação de materiais de diferentes partes do mundo.
  • Produção e manufatura: nesta fase, a produção das peças de roupa é supervisionada, desde a gestão das fábricas locais ou estrangeiras até ao controlo dos prazos de produção e da qualidade dos produtos. Durante este processo, muitas vezes é necessário deslocar materiais dentro das fábricas ou armazéns, ou mesmo entre instalações. Por isso, é importante dispor de uma frota de veículos adequada para o efeito.
  • Distribuição: uma vez prontas, as peças de roupa devem ser transportadas das instalações de produção para os centros de distribuição ou diretamente para as lojas. Isto implica a coordenação dos meios de transporte e, em alguns casos, o tratamento das formalidades aduaneiras e de importação/exportação. Por conseguinte, nesta fase, é igualmente necessário dispor de uma frota de veículos adequada para a deslocação das peças de roupa finalizadas. Veículos que assegurem a pontualidade das entregas e garantam a qualidade dos produtos transportados.
  • Gestão de stocks: na indústria da moda, a gestão de stocks é crucial. Este processo garante a existência de um stock suficiente no local certo e no momento certo. Isto implica prever a procura, gerir as devoluções e otimizar os níveis de stocks.

Entrega ao cliente final: última milha

A entrega ao cliente final é o ponto final da rota. A roupa chega às montras das lojas físicas ou é enviada diretamente para os compradores digitais. É aqui que entra em ação a cada vez mais procurada última milha de entrega, garantindo que os produtos estão disponíveis para os clientes quando estes os desejam, para obter a sua total satisfação.

Neste momento, as alternativas de configuração das frotas de veículos são imensas, tanto no que diz respeito às modalidades de aquisição (renting ou propriedade) como aos tipos de veículos disponíveis (motocicletas, quadriciclos, furgonetas, etc.) ou ao seu modo de funcionamento (elétricos ou a combustão).

Logística en el sector de la moda

Os desafios da indústria da moda

A indústria da moda exige uma resposta rápida à evolução das tendências e das estações do ano. Isto significa que a logística deve ser ágil e flexível para se adaptar às mudanças na procura e os ciclos de produção. Por outro lado, a sustentabilidade tornou-se um imperativo na indústria da moda. Os consumidores exigem práticas mais ecológicas, o que levou a um enfoque na logística sustentável, que inclui a redução de resíduos, a gestão responsável de materiais e a otimização das rotas de envio para reduzir a pegada de carbono.

Em última análise, a logística é o fio condutor que liga a criatividade dos designers ao vestuário das pessoas em todo o mundo, garantindo que a moda continua a ser um negócio em constante evolução e crescimento.

PARTILHA

Podes estar interessado em

Beneficios fiscales

Benefícios fiscais dos veículos elétricos

Flotas conectadas

O que são as frotas conectadas e quais são as suas vantagens