Ligue-nos gratuitamente

O estacionamento, um dos desafios do delivery

Vehículos estacionados

Coloquemos a seguinte situação: a sua frota de veículos está a fazer entregas em Madrid, uma entrega é feita numa rua estreita do bairro de Lavapiés, com carros estacionados de ambos os lados da estrada e completamente lotado. Mais uma vez, o mesmo problema: como estacionar para poder entregar a encomenda? A eficácia do serviço de última milha é posta em causa e a pontualidade vai por água abaixo. Se este caso prático lhe parece mais familiar do que deveria, neste post queremos mostrar-lhe as opções que tem para que o estacionamento na estrada não lhe dê pesadelos à noite. Continue a ler!

As estradas e as ruas das cidades estão diariamente cheias de veículos particulares, comerciais, transportes públicos… Desde há algum tempo, os veículos comerciais, em particular, assumiram um papel importante no asfalto urbano. O auge do comércio eletrónico e as novas tendências de consumo fizeram com que a oferta de serviços de entrega ao domicílio se multiplicasse ao mesmo ritmo que a procura. E isso, sem surpresa, leva a um congestionamento ainda maior do tráfego nas grandes cidades, assim como a complicações nas rotas de entrega para as empresas: mais atrasos, perda de desempenho e de confiança dos clientes. Além disso, estes congestionamentos, associados ao elevado volume de veículos em circulação e estacionados, conduzem ao problema que nos preocupa aqui: onde estacionar?

Conselhos para não perder a eficiência da entrega ao estacionar

  • Zonas de carga e descarga

A utilização de zonas de carga e descarga sempre que possível é a primeira solução para o problema do estacionamento. Zonas especialmente pensadas para o movimento de mercadorias em espaços concorridos, normalmente livres para veículos comerciais. A este respeito, cada município determina os seus regulamentos municipais sobre planeamento urbano, gestão do tráfego urbano e horários de funcionamento. Por outras palavras, não existe uma lei única que regule estas zonas. No entanto, se as suas rotas de entrega não coincidirem com estes espaços dedicados a cargas e descargas, pode sempre solicitar a criação de um novo espaço à autoridade competente. Desta forma, os pontos de entrega regulares da sua rota de entrega terão o problema de estacionamento resolvido.

Repartidor recogiendo un paquete de una furgoneta

Mas atenção! Tenha em conta que estacionar não é o mesmo que parar. As zonas de carga e descarga, que normalmente têm uma proibição de estacionar durante o horário laboral, só podem ser utilizadas pelas transportadoras durante apenas alguns minutos. E não se esqueça de que os veículos que as utilizam – desde camiões a motocicletas – devem possuir um cartão de estacionamento (também conhecido como dístico de cargas e descargas) bem visível. Se ainda não o tiver, deve apresentar um pedido à sua autarquia, juntamente com o documento de inspeção técnica do veículo e, se necessário, pagar as taxas administrativas correspondentes.

  • Planeamento e acordos com estabelecimentos da zona

O segundo conselho está relacionado com o primeiro e com os seguintes: planear corretamente as suas rotas. Desta forma, poderá aproveitar os lugares destinados ao estacionamento que mais lhe convenham e não perderá tempo a improvisar. E este conselho está relacionado com o seguinte: pode fazer parcerias com estabelecimentos de todo o tipo – restaurantes, comércio local ou centros comerciais – para lhe disponibilizarem uma área para estacionar os seus veículos sempre que estiver na zona a fazer entregas. Isto irá agilizar o seu processo de entrega nos locais de estacionamento mais difíceis.

  • Veículos de dimensões reduzidas

Veículos comerciais como as bicicletas, motos, triciclos ou quadriciclos elétricos são uma ótima alternativa para evitar problemas de estacionamento no meio de uma rota de entrega. O seu tamanho reduzido permite ao entregador aceder a todo o tipo de espaços, ruas estreitas e até, em muitos casos, a centros históricos de cidades com normas ambientais rigorosas. Da mesma forma, podem conduzir mais facilmente em estradas congestionadas, manobrar em qualquer cenário e estacionar ou parar em praticamente qualquer lugar. 

Isto torna o processo de entrega muito mais ágil. Parar estes veículos durante alguns minutos não é uma tarefa complicada, uma vez que apenas é necessário um pequeno espaço para o fazer. Sobretudo no caso das bicicletas e motas.

  • Utilização de ferramentas tecnológicas

A tecnologia é uma aliada do entregador. Mesmo quando se trata de estacionamento, ela pode ser de grande ajuda. Por exemplo, a utilização de apps ou sistemas de navegação que permitem procurar e reservar estacionamento perto do local de cada entrega. Um método que funciona em tempo real e que, sem dúvida, ajuda a minimizar os atrasos e a maximizar a satisfação do cliente final.

Recolheu ideias para otimizar o seu serviço de última milha? Utilize estes conselhos nas suas entregas diárias e verá como o estacionamento deixa de travar o desempenho da sua empresa.

PARTILHA

Podes estar interessado em

Venta de vehículos eléctricos Europa 2024

Tipos de veículos elétricos de acordo com os seus motores

Subasta de Inquieto

Primeiro leilão da Inquieto! De 10 a 27 de junho, licite pelo seu veículo elétrico