Ligue-nos gratuitamente

Chassis curto vs. Chassis longo: otimização dos veículos de entrega

Bifurcación

Está prestes a criar a frota de veículos de serviço de última milha da sua empresa? Preste muita atenção! Esta primeira fase de análise das necessidades e escolha dos veículos é uma das mais importantes para otimizar as suas rotas de entrega. Assim, é essencial ter em conta as particularidades da sua empresa, o ambiente em que vai operar, as rotas que vai efetuar e os produtos que vai transportar. Depois de ter toda esta informação clara na sua mente, é altura de começar a tomar decisões com base nela. E um dos dilemas com que se deparará no caso de escolher uma furgoneta como veículo de entrega é: chassis curto ou longo?

Esta não é uma decisão banal, já que a escolha de uma furgoneta de chassis curto ou longo fará toda a diferença no que diz respeito à eficiência. Naturalmente, estas opções oferecem diferentes capacidades de carga e de manobrabilidade. E, por conseguinte, a rentabilidade das suas rotas pode ser diretamente afetada por esta decisão. É necessário ter em conta aspetos que vão desde o número de encomendas que entrega diariamente até às dimensões dos produtos que comercializa ou às ruas por onde passam as suas rotas de entrega. Faz entregas em ambientes urbano e inclusive no centro histórico das cidades? Tudo importa!

Vantagens e desvantagens das furgonetas de chassis curto

As furgonetas de chassis curto são veículos compactos que oferecem uma grande agilidade e manobrabilidade. São mais fáceis de conduzir do que os veículos mais volumosos e têm melhor capacidade de acesso a espaços reduzidos. O design compacto permite-lhes aceder a ruas estreitas e inclusive ao centro das grandes cidades (ainda mais se forem elétricas e cumprirem os regulamentos de sustentabilidade). Também lhes permite estacionar mais facilmente – um aspeto a ter em conta, sobretudo em ambientes urbanos – e circular mais rapidamente em zonas congestionadas. 

O chassis curto também tende a ser mais económico em termos de consumo de combustível e manutenção, pelo que a escolha de um chassis curto significa poupança a longo prazo. E embora as suas dimensões não sejam tão grandes como as de uma furgoneta de chassis longo, em muitos casos, a sua capacidade de carga – superior à de outros tipos de veículos – é mais do que suficiente para o dia a dia da empresa. Em suma, uma furgoneta compacta de chassis curto é ideal para as entregas urbanas: oferece uma capacidade de carga notável, ao mesmo tempo que é capaz de manobrar facilmente em espaços lotados ou estreitos.

A furgoneta MAXUS eDELIVER 3, por exemplo, está disponível numa versão de chassis curto (SWB), com um comprimento de 2,18 metros e um volume de carga de 4,8 m3. Tal como a furgoneta MAXUS eDELIVER 9, com uma distância entre eixos curta (L2H2), que oferece um volume de carga de 9,7 m3.

Maxus eDeliver 3
Maxus eDeliver 3
Maxus eDeliver 9
Maxus eDeliver 9

Vantagens e desvantagens das furgonetas de chassis longo

As furgonetas de chassis longo, por outro lado, caracterizam-se pela sua grande capacidade de carga e pelo seu amplo espaço de arrumação. Estes veículos são capazes de transportar grandes quantidades de mercadorias em cada trajeto, inclusive produtos volumosos. No entanto, são mais difíceis de conduzir e a sua manobrabilidade é menor do que a das furgonetas de chassis curto, podendo apresentar desafios em espaços apertados ou em ruas estreitas e movimentadas. No entanto, compensam esta desvantagem oferecendo a possibilidade de realizar menos trajetos: este tipo de chassis permite realizar múltiplas entregas numa única rota (poupando combustível), assim como o transporte de grandes volumes de mercadoria.

A furgoneta MAXUS eDELIVER 3 está também disponível na versão de chassis longo (LWB), com um espaço de carga de 2,77 metros de comprimento e um volume de carga de 6,3 m3. O mesmo se aplica à furgoneta MAXUS eDELIVER 9, com uma distância entre eixos longa (L3H2) e um volume de carga de 11 m3.

Qual é a melhor estratégia?

Conhecer em profundidade as necessidades e os trajetos da sua empresa é vital para a formulação da sua estratégia de serviço de última milha. Poderá assim tomar uma decisão fundamentada para ajudar a otimizar a entrega e alcançar a satisfação dos seus clientes. Além disso, uma estratégia que pode ser eficaz é combinar vários tipos de chassis na sua frota. Desta forma, terá o veículo ideal tanto para circular rapidamente por ruas estreitas em áreas urbanas como para transportar grandes volumes de mercadoria. Por último, não se esqueça de que as decisões não terminam com o chassis. Também tem de ter em conta outros fatores, como a organização do espaço de carga.

PARTILHA

Podes estar interessado em

Venta de vehículos eléctricos Europa 2024

Tipos de veículos elétricos de acordo com os seus motores

Subasta de Inquieto

Primeiro leilão da Inquieto! De 10 a 27 de junho, licite pelo seu veículo elétrico